ACUSADO DE ASSASSINAR EX-ESPOSA COM TIRO NO PEITO É CONDENADO A 13 ANOS DE PRISÃO

Nei Calixto Ribeiro foi condenado, ontem, a 13 anos e 6 meses de prisão em regime fechado pela acusação de assassinar a ex-esposa Sirlei Machado Ferreira, no dia 25 de maio de 2013, em Campo Grande.

Durante a sessão de julgamento, o promotor de justiça pediu a condenação do réu por homicídio com agravante de ser violência praticada contra mulher. Por sua vez, a defesa sustentou as teses do reconhecimento do domínio da violenta emoção, logo em seguida à injusta provocação da vítima.

Reunido em sala secreta, o Conselho de Sentença, por maioria de votos declarados, condenou o réu no homicídio qualificado pelo motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima, na forma proposta pela promotoria.

CASO

A vítima, que tinha 30 anos, chegava na casa onde morava, na Rua Jabuti, Bairro Canguru, junto com dois amigos e uma amiga, quando foi surpreendia pela ex, que já esperava por ela. Sirlei foi atingida por um tiro no tórax, à queima-roupa e morreu no local. Fonte Correio do Estado.