ÁGUA CLARA – PROJETO JOVEM CAMPEÃO EXPORTANDO TALENTOS

gisele
Gisele – Atleta do Projeto Jovem Campeão – Apoio Fibria

Dois atletas do Projeto Jovem Campeão recentemente alçaram voos mais altos: Hugo Pezzoti Herance e Vithor Pereira Massaneiro. A partir deste mês, eles vão estudar e jogar basquete em uma das melhores escolas particulares do Estado de Mato Grosso do Sul, a FUNLEC, de Campo Grande, que lhes concedeu 100% do valor das bolsas de estudos.

Após muitas competições durante o ano passado, o professor Giuliano recebeu algumas propostas para enviar os dois alunos para a capital, a fim de investirem ainda mais em seus futuros.

vitor e hugo
Vithor e Hugo estão na Funlec Campo Grande

Hugo, que em 2014 foi selecionado entre os 20 melhores jogadores de basquete de sua categoria no MS, comenta: “Vai ser uma mudança enorme na minha vida. Agora só estou pensando em me dedicar ao máximo nos estudos, sabendo que os dois (estudos e basquete) têm que caminhar juntos”.

Vithor, que pratica basquete somente há um ano, se surpreende com a rapidez que as coisas aconteceram para ele e declara: “O Projeto Jovem Campeão me abriu portas que em nenhum outro esporte eu conseguiria, me ensinou a amar o basquete e a trabalhar em equipe, que era uma coisa que eu sempre tive dificuldade.

O Projeto Jovem Campeão, criado pelo casal de educadores físicos Giuliano de Souza Costa e Ana Carolina Mendes Costa, ensina basquete e oferece formação com treinos e palestras a seus atletas e à comunidade de Água Clara, visando diminuir a ociosidade, a violência e a criminalidade entre crianças, jovens e adultos. O projeto social é de responsabilidade da Associação Jovem Campeão Água-clarense – AJOCA.

O time de basquete masculino categoria sub-14, em 2014, conquistou quatro vice-campeonatos estaduais e se destacou entre os cinco melhores times de basquete deste Estado, registrando o nome de Água Clara no cenário esportivo de Mato Grosso do Sul.

Quem também está brilhando nas quadras é a adolescente Gisele de Cássia Sá Ferreira. Aos 12 anos de idade, além de treinar no Projeto Jovem Campeão, ela também treina em Três Lagoas com o time de basquete feminino do Parque São Carlos.

Gisele revela: “Imagino que isso é um passo que estou dando para o meu futuro, é um sonho que estou realizando com muito esforço. Encaro isso como uma oportunidade única. Tenho certeza de que, se não fosse o projeto, eu não estaria onde estou”.

Sobre o desenvolvimento dos demais alunos, destaque para dois atletas que foram aprovados para cursar a faculdade de Educação Física: Douglas Dias de Oliveira e Júlio de Oliveira Araújo.

Aos 17 anos, Douglas afirma: “O Projeto Jovem Campeão teve uma grande influência na escolha do meu curso, porque antes de entrar no Projeto, eu não gostava muito de praticar esportes, hoje gosto de esportes e também de ensinar aquelas pessoas que têm mais dificuldade de aprender as coisas. Por isso eu escolhi Educação Física”.

Ano após ano, o projeto tem conseguido aumentar o número de beneficiados, e para 2015 a meta é de 400 alunos de todas as idades, tendo como novidade o Voleibol, que como o Basquete, poderá levar jovens a seleções de outros municípios e estados.

Visando qualificar os serviços do projeto, a presidente da AJOCA, Justina Inês Berndt, o estagiário Luiz Carlos dos Santos e o atleta Júlio de Oliveira Araújo participam do curso de Agente de Projetos Sociais, oferecido pelo SENAI.

O Projeto Jovem Campeão tem apoio d e diversas empresas e da Prefeitura Municipal de Água Clara. Mas, é preciso mais patrocinadores para continuar investindo no futuro de nossa comunidade. Sendo assim, convidamos os empresários e a população a participarem.

O projeto está aberto para visitações, doações e à participação da comunidade, e agradece o apoio de muitos colaboradores diretos ou indiretos. Toda dedicação e investimento desenvolvem a prosperidade que transformará a coletividade água-clarense, a sociedade sul-mato-grossense, a realidade brasileira.

Os horários dos treinos serão divulgados nas escolas assim que começarem as aulas. “O talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos”. Michael Jordan, ex-jogador profissional de basquetebol norte-americano.

Com informações de Raquel Guedes Oliveira – Gestora pedagógica do Projeto Jovem Campeão.