AMANDA NUNES LUTA PELO ESTRELATO CONTRA RONDA ROUSEY NO UFC 207

Ronda Rousey sempre foi o sonho e o pesadelo de todas as suas adversárias. Se por um lado garantia sempre um bom salário por conta da participação nas vendas dos pacotes de pay-per-view às rivais, por outro fazia da vida de cada uma delas um inferno, ainda que na grande maioria das vezes por apenas alguns segundos. No UFC 207, no entanto, quem parece conviver com fantasmas é a própria Ronda, que viu seu reinado desabar de forma devastadora pelas mãos – e pés – de Holly Holm no UFC 193.

A derrota por nocaute abalou Rousey ao ponto de se afastar do octógono e do estrelato por mais de um ano. Neste tempo, Holm, Miesha Tate e Amanda Nunes detiveram o cinturão do peso-galo feminino da organização. Nesta sexta-feira, Nunes tem diante de si a chance de se firmar mundialmente no cenário do MMA mundial. Para isso, terá diante de si uma Ronda atormentada pela derrota e pelos seus desdobramentos, porém obcecada por retomar o lugar de melhor lutadora do planeta.

O Combate transmite o UFC 207 na íntegra, ao vivo e com exclusividade a partir de 22h30 (de Brasília). O Combate.com acompanha todo o evento em Tempo Real, e transmite as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo.

Quem estava acostumado a ver Ronda Rousey promovendo um evento, estranhou a ausência da ex-campeã em todos os compromissos de imprensa e mídia do UFC 207. Em guerra com a imprensa, a quem acusou de retratá-la como vilã nos últimos anos, a loura simplesmente sumiu de tudo o que pôde. A exceção foram as cerimônias de tomada de peso e de encaradas, ambas na última quinta-feira. A obrigação de bater o peso, e depois de encarar Amanda Nunes, Ronda cumpriu, mas sem dar qualquer declaração aos repórteres – ela sequer posou para a foto tradicional após a tomada de peso.

Amanda Nunes, por sua vez, disse estar tranquila. Para ela, que nunca escondeu ter se preparado a carreira toda para enfrentar Ronda, a hora é de empolgação, e não de dúvida sobre o que está à sua espera.

– Eu estou pronta. Não importa se ela está escondida, chorando ou treinando. Eu estou preparada para a luta mais importante da minha vida. Não sei o que acontece com ela, mas sei que vou entrar na luta para nocauteá-la e manter o meu cinturão. Sou a campeã e vou continuar sendo – disse a baiana. Fonte Globoesporte.