Autor de arrombamento em Banco do Brasil de MS é preso e expulso do Paraguai

Gilliard Clayton Alburquerque Mergulhão, 34, foi preso no Paraguai pelo arrombamento do Banco do Brasil ocorrida na madrugada do dia 2 de abril do ano passado em Glória de Dourados, cidade a 280 quilômetros de Campo Grande.

Gilliard foi preso na cidade paraguaia de Salto de Guairá na fronteira com Mundo Novo, cidade a 462 quilômetros de Campo Grande. Ele foi detido pela Polícia Nacional, expulso do país vizinho e entregue aos policiais civis de Mato Grosso do Sul.

Ronaldo Avelino de Araújo Júnior de 27 anos foi flagrado no dia do crime. Durante o arrombamento, a polícia recebeu informação de que havia pessoas dentro da agência. No local, os policiais avistaram Ronaldo de capuz, correndo dentro do banco.

Ele conseguiu pular o muro, porém caiu na calçada. Posteriormente, ele lançou-se ao solo, já com as mãos na cabeça, quando lhe foi dado voz de prisão.

Durante vistoria, foi verificado que havia um buraco na parte dos fundos da parede da agência. Ao ser preso, Ronaldo contou que teve a ajuda de Gilliard e uma mulher, que conseguiram fugir no dia do ocorrido. Vários materiais utilizados para o arrombamento foram apreendidos.

*Fonte Midiamax.