CÂMARA APROVA SUPLEMENTAÇÃO PARA ATENDER A SAÚDE, EDUCAÇÃO E INFRAESTRUTURA.

Na sessão ordinária desta segunda-feira (04) a Câmara Municipal aprovou, finalmente, a solicitação do Prefeito Silas José (PSDB) de Crédito Suplementar ao orçamento vigente, no valor de R$ 6,489. 600,00, recursos este de excesso de arrecadação no exercício anterior.

O Projeto aprovado destina recursos para a Secretaria de Administração, Educação, Infraestrutura e para o Fundo Municipal de Saúde, destinado à compra de remédios, equipamentos, material permanente e de consumo.

Recursos também foram destinados à contratação de empresa especializada em atendimento médico para atender a atenção básica e convênio com o Hospital Auxiliadora de Três Lagoas, para atendimento de média e alta complexidade.

vereador marcelo batistaO referido Projeto foi protocolado na Câmara Municipal no dia 29 de Fevereiro, mas o presidente da casa, Vereador Biróca (PMDB), usou os prazos regimentais e atrasou a aprovação, mas de nada adiantou, a base aliada, com a ajuda do Vereador Marcelo Batista (PSC), que se intitula “independente”, aprovaram o projeto na integra, apesar das duas emendas apresentadas pelo Vereador Alfredo Alexandrino (PSC), que foram rejeitadas.

Também foram aprovadas as regras para a cobrança do IPTU, com uma modificação, que foi aprovada por unanimidade, modificação esta apresentada pela Vereadora Jurema Matos, que altera os prazos de parcelamento ao invés de quatro parcela como queria o Executivo, foi aprovado sete parcelas.

O vereador Waldenir Ferreira Lino (PDT) apresentou duas emendas, solicitando anão aplicação de multas e juros em caso de atraso no pagamento, ambas foram rejeitadas pela maioria.

O Projeto de Lei 007/2016 que abre crédito suplementar ao orçamento vigente, no valor de R$ 125 mil, destinado a Secretaria de Infraestrutura entrou em pauta mas o Vereador Alfredo Alexandrino pediu vista e vai a voto na próxima sessão. Fonte Nossa Folha News.