CASA DA MULHER BRASILEIRA ATENDEU MAIS DE 38 MIL MULHERES EM DOIS ANOS

Casa da Mulher Brasileira, que presta assistência a vítimas de violência, atendeu 38,2 mil mulheres desde sua inauguração, em fevereiro de 2014, sendo 14 mil referentes a ocorrências policiais. Apenas em 2016, foram registrados 7.035 boletins de ocorrências na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), que funciona dentro da Casa.

De acordo com a titular da Deam, Ariene Murad, maioria dos boletins de ocorrência registrados foram por violência moral e psicológica, seguido por lesão corporal.

Mais de 420 pessoas foram presas em flagrante e 133 mandados de prisão foram cumpridos. Além disso, foram instauradps 5.319 inquéritos, com 5.034 concluídos e encaminhados ao Poder Judiciário.

Deam irá atender normalmente durante o período de festas. Local fica aberto 24 horas por dia para registro de boletins de ocorrência. Denúncias também podem ser feitas pelo 180.

Conforme a delegada, há indícios de que os casos de violência doméstica aumentem nesta época do ano por conta da ingestão de bebidas alcoólicas nas festividades.

Ariene alerta que as mulheres evitem andar sozinhas, não deixem copos de bebidas desprotegidos e tentem sair e chegar em casa acompanhadas. Em caso de urgência e flagrantes é necessário entrar em contato com a polícia no 190. Fonte Correio do Estado.