COMANDO DA CÂMARA MUNICIPAL DE ÁGUA CLARA DEVE MUDAR HOJE

Com o afastamento do presidente da casa, vereador Vicente Amaro, por renuncia do mesmo, faz-se necessário uma eleição suplementar para cumprir o regimento interno. Neste sentido esta sendo colocadas duas candidaturas, do experiente vereador, Eulojari Ferreira de Souza e do novato Saylon Cristiano de Moraes, genro do presidente que renunciou.

Além da presidência estará em disputa à segunda vice-presidência, que estava sendo ocupada pela vereadora Marcia Vida, que está afastada por tentativa de suborno, e a primeira secretaria que até aqui era comandada pelo vereador Saylon Moraes, que busca a presidência.

Vereador Eulojari Ferreira, caso vença, retorna ao comando da casa 20 anos depois, foi presidente no biênio 97/98. Volta pregando a unidade, visando resgatar a credibilidade do legislativo, que ficou abalado devido aos últimos acontecimentos e no que for possível ajudar o executivo na busca do progresso de Água Clara, que segundo ele esta sem norte, totalmente desorientada.

Por outro lado a candidatura do Vereador Saylon Moraes seria a continuidade da atual gestão e a manutenção dos interesses do executivo. Até o fechamento desta matéria somente Saylon e Eulojari são candidatos a presidência.

Afastada na semana passada pela Justiça local, a vereadora Márcia Vida (Podemos) é reconduzida ao cargo de vereadora nesta segunda-feira (13).

Com o Mandado de Segurança favorável, conseguido pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), ela retorna automaticamente para o cargo e estará na sessão desta noite, quando ocorre a nova para a presidência da Mesa Diretora. (Matéria editada para acréscimo).