COMERCIAL E NOVOPERÁRIO NA RETA FINAL PARA “DECISÃO”

Campeonato Estadual de Futebol

No Novoperário a ordem é vencer ou vencer
No Novoperário a ordem é vencer ou vencer

Comercial e Novoperário estão nos últimos preparativos para o segundo jogo das quartas de final do Campeonato Estadual, que serão realizadas neste final de semana no interior.

No Novoperário, a semana foi de muito trabalho para recuperar o moral dos atletas, que perderam em casa, por 2 a 0, a primeira partida contra o Ivinhema.

Segundo o presidente do clube, Américo Ferreira, a cobrança pelo resultado partiu dos próprios atletas. “Eles sabem que jogam muito mais do que apresentaram no primeiro jogo, e estão cobrando um do outro”, afirmou Ferreira.

Por outro lado, com a vitória, o Ivinhema tem a vantagem de perder por até um gol que segue na competição, despachando o Novoperário de volta para casa. A equipe da Capital embarca amanhã,  às 13h, para Ivinhema, em um ônibus fretado.

Colorado

Apesar da vantagem do primeiro jogo, no Comercial, a ordem é manter o foco  (Foto: Gerson Oliveira)
Apesar da vantagem do primeiro jogo, no Comercial, a ordem é manter o foco
(Foto: Gerson Oliveira)

Já o Comercial, que enfrenta no domingo, às 17h, o Águia Negra, em Rio Brilhante, pode até perder por um gol de diferença que avança à semifinal.

Apesar da vantagem por vencer o primeiro jogo, por 2 a 0, na Capital, a ordem é manter o foco para o jogo decisivo no interior.

A diretoria colorada, inclusive, iniciou, nesta semana, uma campanha entre os torcedores para arrecadar dinheiro que servirá de premiação aos jogadores, no caso de a equipe passar para a semifinal.

Segundo o diretor social do clube, Cláudio Barbosa, em um dia foram arrecadados R$ 2,5 mil. “A ideia é divulgar a campanha para aumentar o valor arrecadado e buscar um incentivo a mais para os jogadores”, diz Barbosa.

O elenco embarca para Rio Brilhante, no início da tarde de sábado, em um ônibus fretado. A viagem também foi programada para um dia antes da partida, para o descanso e concentração dos atletas. Fonte: Correio do Estado.