DEZ ANOS DEPOIS DE ACIDENTE, PLACA PERFURA ESÔFAGO E MULHER MORRE

Campo Grande/MS

Dez anos depois de sofrer acidente automobilístico e ficar tetraplégica, Regina Barbosa de Souza, 37 anos, morreu por volta das 7h50min deste domingo (12), no Hospital Unimed, na Avenida Mato Grosso, Bairro Carandá Bosque, em Campo Grande. Ela tinha uma placa de titânio na coluna, que perfurou seu esôfago e, por conta disso, estava internada para ser submetida a cirurgia de substituição.

A mãe da vítima, de 64 anos, informou à Polícia Civil, que investiga o caso como morte a esclarecer, que a filha havia ficado tetraplégica em decorrência de acidente, ocorrido há 10 anos. Havia sofrido trauma na coluna e tinha placa de titânio na região do pescoço, a qual se deslocou e perfurou seu esôfago.

Regina estava internada no hospital Unimed desde o dia 5 deste mês para cirurgia de substituição da placa. No dia 11, teve complicações na saúde, que culminaram em insuficiência respiratória aguda, pneumonia e choque séptico. Ela foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu às 7h50min de hoje.

Como a causa do óbito ainda não foi comprovada e por ter acontecido dentro de unidade hospitalar, o caso foi levado à polícia que abriu inquérito como morte a esclarecer. Fonte Correio do Estado.