EMBAIXADA DA RÚSSIA É ATINGIDA POR MORTEIROS NA SÍRIA

Atentado

A Embaixada da Rússia em Damasco, capital da Síria, foi atacada nesta terça-feira (13), com disparos de morteiros, enquanto centenas de manifestantes pró-governo se reuniram em frente ao local para agradecer a Moscou pela intervenção no país.

Vários projéteis caíram nas imediações do edifício diplomático e muitas pessoas teriam ficado feridas ao serem atingidas pelas explosões, uma delas perto de um clube esportivo no distrito de Al Barada, e outra no distrito de Al Adawi.

Antes dos ataques, os manifestantes exibiam diante da embaixada pôsteres dos presidentes russo e sírio, Vladimir Putin e Bashar Assad, e agitavam bandeiras de ambos os países.

Em alguns cartazes era possível ler: “Obrigada, Rússia” e “Síria e Rússia unidas no combate ao terrorismo”. De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSHD), os foguetes foram disparados por rebeldes islâmicos da capital.

O ministro das Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov, declarou que seu país considera o ataque à embaixada como um ato terrorista. No final do setembro, a embaixada russa já tinha sido alvo de outro ataque com morteiros. Fonte Folhapress.