ESTUDANTES DE MS TEM DESEMPENHO ACIMA DA MÉDIA NACIONAL EM AVALIAÇÃO

Mato Grosso do Sul ficou entre os 11 primeiros estados com melhor resultado na proficiência média dos jovens estudantes em ciências, leitura e matemática na avaliação do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa). Resultados foram divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O Pisa é considerado a mais importante a avaliação internacional de educação básica. Estudo é coordenado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e avaliou alunos entre 15 e 16 anos de 70 países, incluindo o Brasil, nas áreas de ciências, matemática e leitura.

Brasil, que teve uma das piores médias e ficou entre as últimas posições no ranking mundial. No estado, teste foi aplicado em 30 escolas, entre públicas e privadas, e participaram 829 estudantes.

Entre as áreas avaliadas, Mato Grosso do Sul teve melhor resultado em leitura, ocupando o oitavo lugar no ranking nacional, com 411 pontos, acima da média brasileira, que foi de 407 pontos.

Em ciências, média estadual também ficou acima da nacional e estado ocupa o nono lugar no ranking, com 403 pontos. Média nacional foi de 401.

Matemática foi a disciplina onde estudantes sul-mato-grossenses tiveram o pior resultado, com 377 pontos, o mesmo total da média nacional. Resultado colocou o estado no 11º lugar entre as unidades da federação.

Na comparação com os demais países, Brasil ocupa a 63ª posição em Ciências; a 59ª posição em Leitura e a 65ª posição em Matemática.

Apesar Mato Grosso do Sul estar bem classificado nacionalmente, desempenho ainda está distante do alcançado por outros países. Média dos países da OCDE é de 493 em ciências e leitura e 490 em matemática. Fonte Correio do Estado.