Idoso é seduzido, morto a pauladas por mãe e filho e corpo enterrado em estrada vicinal

Denúncia anônima levou a Polícia Civil a investigar um caso de latrocínio, em Campo Grande, e prender três pessoas acusadas pelo crime. Todos seriam da mesma família, mãe e dois filhos.

Segundo informação da polícia a denúncia chegou por volta da 00:00 do dia 8 de fevereiro, sendo que a prisão dos autores aconteceu por volta das 19 horas desta terça-feira (12). A vítima é um idoso de 75 anos, Luis Pereira Alves.

A mulher – mentora do crime – estava evadida do sistema prisional e teve como comparsas os dois filhos. Anselma Gonzales Parra Silva, de 59 anos teria convidado seu filho dse 25 anos, Rorthiman Gonzales da Silva para matar Luis pelo valor de R$ 2.500, mas o rapaz não aceitou, sendo que seu irmão Maicon Gonzales da Silva, de 19 anos aceitou praticar o crime.

Anselma, então, seduziu Luis e o levou até a sua casa, sendo que na residência Rorthiman matou o idoso com vários golpes de pauladas no rosto. A mulher queria vender o carro da vítima, um Chevrolet Astra por R$ 7 mil para comprar drogas e comercializar, na região Jardim Colúmbia, onde morava.

Depois de matar Luis, Anselma ligou para o outro filho – Maicon – para que ele dirigisse o carro, já que ela e nem Rorthiman sabiam dirigir. O corpo do idoso foi enrolado em uma cortina e um cobertor e colocado no veículo.

Eles enterraram Luis em uma estrada vicinal entre Campo Grande e Rochedinho. Depois da descoberta do crime pelos policiais, a família foi presa. Equipes do Corpo de Bombeiros foram chamados para desenterrarem o corpo da vítima.

*Fonte Midiamax.