JUDOCAS DE MS APOSTAM NO FATOR CASA PARA SUPERAÇÃO NO REGIÃO IV

Saber aproveitar o apoio incondicional da torcida. É neste clima estratégico, que os cem judocas sul-mato-grossenses esperam entrar no tatame e superar as dificuldades durante a disputa do Campeonato Brasileiro Região IV e do Desafio Internacional (Brasil x Coréia do Sul) que acontece neste fim de semana, em Campo Grande. As lutas começam amanhã, a partir das 8h, no ginásio Dom Bosco, onde a expectativa é de casa lotada – o local tem capacidade para quatro mil pessoas.

O campo-grandense Ayan Zanella, de 16 anos, é um dos protagonistas do Regional. Ele entra como favorito na sua categoria, peso médio. “Lutar em casa com apoio da família e dos amigos será muito bom, dará um foco a mais, uma vontade a mais de vencer e conquistar a medalha pra eles”, avaliou o jovem lutador.

Medalhista de prata na última etapa do Mundial Sub 18, disputada em abril, na Alemanha, Ayan não espera luta fácil neste fim de semana. “Mas  mas não estou preocupado com isso  porque venho treinando forte e estou preparado para dar o meu máximo e derrotar quem aparecer na minha frente”, afirmou Ayan.

A disputa do torneio regional será entre 518 lutadores de seis estados, a maioria do Centro-Oeste. As lutas são divididas por idade e peso nas classes Sub 13, Sub 15, Sub 18, Sub 21 e Sênior.

Cada uma das federações estaduais pode inscrever até cem lutadores. MS vai para o evento com 51 atletas no masculino e 49 no feminino. Os destaques da equipe ficam para os atletas da seleção brasileira: Camila Gebara (ver matéria ao lado), Hernandes Santos, Vitória Siqueira, Layana Colman, Caroline Cometki, Bianca Vilma, Camila Vitória Ponce, além de Ahyan Zanella.

HEGEMONIA

Atual campeão geral do Campeonato Brasileiro Região IV, Mato Grosso do Sul entra novamente como favorito ao título –  MS venceu as últimas nove edições do torneio.

Na disputa realizada no ano passado, em Campo Verde (MT), foram conquistadas 85 medalhas, sendo 32 ouro, 19 prata e 34 bronze. Fonte Correio do Estado.