LULA FICA MINUTOS NO CARGO E JUIZ BARRA NOMEAÇÃO DELE COMO MINISTRO

O juiz federal Itagiba Catta Preta Neto decidiu, em liminar publicada há pouco, pela suspensão da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como Ministro da Casa Civil de Dilma Rousseff (PT). A decisão é em caráter liminar, ou seja, ainda pode haver reviravoltas.

Na decisão, o juiz do Distrito Federal afirma que se caso a posse de Lula já tiver ocorrido, situação que aconteceu, os efeitos da nomeação estão suspensos. Ou seja, o ex-presidente, oficialmente, não é mais Ministro.

A decisão faz parte de ação civil pública impetrada por advogado na 4ª Vara da Justiça Federal de Brasília. A Advocacia-Geral da União (AGU) já afirmou que irá recorrer da decisão.

POSSE

Depois do protesto solitário de uma pessoa ainda não identificada e que aparentemente invadiu a cerimônia, quem acompanhava a cerimônia, todos aliados de Dilma, a presidente iniciou discurso saudando todos os “brasileiros e brasileiras que tiveram coragem de estar dentro dessa sala”.

Durante o discurso que durou aproximadamente 30 minutos, Dilma fez praticamente balanço sobre as ações do governo, entre elas modernização dos aeroportos e organização dos Jogos Olímpicos. A presidente também ressaltou o respeito aos seus “colegas” de trabalho.

Antes da presidente se referir a Lula, as pessoas que acompanhavam o ato de posse bradaram em favor do ex-presidente. Antes de finalizar o discurso, Dilma ressaltou a importância do combate à corrupção, afirmando que “somente haverá Justiça com respeito rigoroso, principalmente ao amplo direito de defesa de todo cidadão”.

“Seja bem-vindo querido companheiro Ministro Luiz Inácio, Ministro Lula. Eu conto com a experiência do ex-presidente Lula, conto com a identidade que ele tem com esse país. É por isso que eu conto, conto com sua incomparável capacidade de olhar para os olhos do nosso povo e de entender esse povo, de querer o melhor para esse povo e também de ser entendido e por ele amado”.

Dilma continuou o discurso. “Sua presença aqui Lula, prova que você tem a grandeza dos estadistas e a humildade dos verdadeiros líderes, prova que não há obstáculos para trabalharmos juntos pelo Brasil. A partir de agora novamente trabalharemos lado a lado. Pelos brasileiros estamos juntos outra vez”, afirmou a presidente.

Rousseff completou o discurso dizendo que junto de Lula, o país irá superar a crise e ela não será retirada do cargo de “forma golpista”. Fonte Correio do Estado.