MATERNIDADE CÂNDIDO MARIANO VOLTA A RECEBER PACIENTES EM UTI

O governo do Estado fez repasse de R$ 400 mil à Maternidade Cândido Mariano na tarde de hoje, e o setor de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para recém-nascidos voltou a funcionar. A informação foi confirmada pela enfermeira-chefe da UTI, Renata Guedes.

As atividades do local haviam sido suspensas à meia-noite de quinta-feira porque, segundo o hospital, havia cinco meses que os recursos provenientes do Executivo estadual, no valor de R$ 300 mil mensais, não eram transferidos.

A situação prejudicava o pagamento dos médicos, de fornecedores e, inclusive, do aluguel dos aparelhos usados na UTI. 

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirmou que “o último convênio vigente com a entidade foi pago na sua totalidade” e que o mais recente, assinado em 21 de agosto, “tem o valor total de R$ 1,2 milhão, sendo que a primeira parcela, no valor de R$ 400 mil foi repassada no dia de hoje [ontem]”.

Em julho do ano passado, o hospital ameaçou fechar 27 leitos, também por atraso no repasse, mas a SES depositou o recurso e os leitos continuaram abertos. Fonte Correio do Estado.