OBRAS DA UFN3 PARALISADA REPRESENTA PREJUÍZO INCALCULÁVEL AO BRASIL, DIZ SIMONE

Três Lagoas/MS

Simone Tebet preside por alguns minutos sessão do Senado
Simone Tebet preside por alguns minutos sessão do Senado

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) defendeu a retomada da unidade produtora de fertilizantes nitrogenados – a UFN III – em Três Lagoas (MS), durante discurso no plenário do Senado nesta quinta-feira (30). A Fábrica foi uma das obras interrompidas no Brasil em função da crise da Petrobras. Ela destacou que a Fábrica de Fertilizantes pode reduzir pela metade o consumo de produtos importados, beneficiando o agronegócio brasileiro. O uso de fertilizante impacta em 30% o custo da produção de soja, por exemplo. Hoje, 75% dos fertilizantes consumidos no País são produzidos no exterior.

“Essa obra paralisada vai causar um prejuízo incalculável ao Brasil. A fábrica vai reduzir a nossa dependência de importação de fertilizantes em até 50%”, disse Simone destacando também a geração de emprego e o impacto na economia da região com o empreendimento.

A senadora criticou a exposição do presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, no Senado esta semana. Ele veio falar sobre o demonstrativo contábil da empresa. “Me preocupou a visão míope apresentada pelo presidente da Petrobras na Comissão de Assuntos Econômicos. A resposta sobre novos investimentos e a retomada de obras foi apenas: – ‘nós faremos o que for bom pra empresa’. A Petrobrás precisa, sim, resolver os seus problemas financeiros, mas não pode deixar de responder sobre os bilhões investidos com obras paralisadas”, disse a parlamentar sul-mato-grossense.

Para Simone Tebet, as decisões da estatal devem ir além da questão econômica. Ela destacou que a suspensão dos investimentos da Petrobras em todo o País compromete setores produtivos inteiros, a oferta de empregos, ramos de fornecimento de material e serviços, como hotelaria, alimentação, capacitação de mão de obra, etc. “Agora, as economias locais que haviam sido beneficiadas com arrecadação fiscal e geração de emprego e renda estão em crise”, ressaltou.

A Petrobras impacta em cerca de 13% o PIB brasileiro. Suas atividades envolvem mais de 86 mil empregados, com mais de 104 bilhões em investimentos.

A senadora informou que enquanto era prefeita de Três Lagoas, adquiriu, em parceria com o governo do Estado, mais de 425 hectares de terras para instalar a maior Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da América Latina.

“Até novembro do ano passado, a fábrica estava 82% pronta. De um dia para o outro os trabalhos foram interrompidos”, disse. Simone relatou que a suspensão da obra provocou milhares de demissões e a falência de pequenas empresas, gerando um quadro de instabilidade econômica e social e uma dívida corrente de R$ 36 milhões.

Em aparte, o senador Waldemir Moka (PMDB-MS), destacou que a UFN III de Três Lagoas vai duplicar a produção nacional de ureia, com 1,2 milhão de toneladas de ureia granulada e petrolada e ampliar a produção de amônia em mais de 60%, com 70 mil toneladas.

Durante o discurso, Simone Tebet informou ainda que apresentou requerimento de informações para a Petrobras encaminhe ao Senado dados sobre as previsões de ação da Empresa, especialmente em relação às obras paralisadas em todo o Brasil. As informações devem ser enviadas em 30 dias. Fonte: Perfil News.