PARLAMENTARES QUESTIONAM QUEM VAI REPARAR DANO SOFRIDO POR DELCÍDIO

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul avaliaram a situação do candidato Delcídio do Amaral (PTC) ao Senado Federal e questionaram quem vai reparar o dano sofrido por ele, após ter tido o mandato cassado em 2016.

Delcídio lançou a candidatura no último dia de prazo dado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 17 de setembro. Ele substituiu o médico César Nicolatti (PTC) como candidato ao Senado, que desistiu de tentar uma vaga para senador a fim de ser candidato da Assembleia Legislativa.

Nicolatti decidiu desistir da candidatura, pois não teria como continuar atendendo seus pacientes, se fosse eleito, já que teria de exercer o mandato em Brasília. Por isso, optou ser candidato a deputado estadual.

Na avaliação do deputado Cabo Almi (PT), Delcídio foi inocentado, mas ele questionou quem vai reparar os danos causados ao ex-senador. “Foi inocentado e vai sair como candidato, mas esse dano é reparado como, por quem?”. Fonte Correio do Estado.