PAYSANDU E BAHIA TROPEÇAM, E FOGÃO DISPARA NA PONTA NA SÉRIE B

Brasileirão Serie B

botafogo_2A frustração dentro de casa marcou a 27ª rodada da Série B do Brasileirão. Em jogo com polêmica no Mangueirão, o vice-líder Paysandu decepcionou sua torcida, ao perder por 1 a 0 para o Náutico, subiu apenas a 47 pontos, viu o Botafogo continuar a cinco pontos na liderança da competição. Também atuando como mandante, o Bahia não passou de um empate em 1 a 1 com o Sampaio Corrêa, e seguiu na quarta colocação, com os mesmos 46 pontos do terceiro colocado, Vitória.

O Paysandu deu a impressão de que passearia em casa, quando Gilson finalizou na pequena área e Julio Cesar salvou à queima-roupa. Em seguida, João Lucas, Betinho e Jhonattan exigiram o goleiro novamente, mas impediram o grito de gol bicolor.

Na volta do intervalo, o Timbu começou a equilibrar as ações. Bruno Alves assustou duas vezes, enquanto João Lucas perdeu boa chance para o Paysandu. Mas, aos 21 minutos, a foi a torcida do Náutico quem comemorou, quando Bruno Alves cabeceou bola na trave e, na sobra, Rafael Pereira estufou a rede.

O Papão lançou-se de vez ao ataque, e viu Betinho e Edinho desperdiçarem chances claras. Após a partida ganhar toques dramáticos, Gilson balançou a rede aos 49 minutos, mas o árbitro invalidou o gol de empate do Paysandu, afirmando que houve impedimento de Roni, que teria obstruído a visão de Julio César quando estava impedido. Sob reclamações direcionadas ao bandeira, a liderança ficava mais distante.

Já em partida truncada na Fonte Nova, o Bahia perdeu a chance de chegar à vice-liderança. Kieza abriu o placar na etapa inicial, cobrando pênalti, mas o Sampaio Corrêa lançou-se à frente e, em um lance no qual Jheimy trombou com os vencedores, a equipe maranhense arrancou o empate em 1 a 1.

Em duelo com direito a briga entre torcidas do lado de fora dos gramados, o Santa Cruz bateu o Bragantino por 2 a 1. Grafite abriu o placar para a equipe coral e, após Ricardinho empatar, os pernambucanos garantiram no finzinho o triunfo na Arena Pernambuco.

Em jogo de fraco nível técnico, o Oeste tropeçou no Bragantino, com um empate em 1 a 1. Alan Mineiro abriu o placar para o Massa Bruta mas, após pressionar intensamente, o Rubrão garantiu o empate com Mazinho, em jogo no José Liberatti.

Já o Mogi Mirim segue seu calvário na Série B. Em jogo sob forte calor, a equipe viu o Paraná garantir a vitória por 2 a 1 nos acréscimos no Romildo Ferreira. Lúcio Flávio abriu o placar para os paranaenses, e Val Barreto igualou o marcador. Mas, aos 48 minutos, Rafael Costa, cobrando pênalti, decretou o triunfo paranista. Fonte Midiamax.