PRB AMEAÇA EXPULSAR CHAVES POR DECLARAR APOIO A AZAMBUJA

Depois do senador Pedro Chaves (PRB) subir no palanque do PSDB e pedir voto para o governador e candidato à reeleição, Reinaldo Azambuja (PSDB), na última segunda-feira (10), o partido do senador emitiu uma nota oficial repudiando a atitude de Chaves e informando a abertura do processo interno para a expulsão do político do PRB.

O problema é que a legenda de Chaves está na chapa do PDT, que tem como candidato ao governo, o juiz Odilon de Oliveira. O senador desistiu de disputar a reeleição, depois de ter feito um acordo com a sigla do juiz de que na disputa ao Senado, seria apenas ele na chapa majoritária.

Mas, o Podemos que também se aliou ao PDT lançou Humberto Figueiró como candidato a senador. Chaves então, desistiu da reeleição alegando esses fatos. Odilon enviou um comunicado à imprensa sul-mato-grossense, falando que não se alia a covardes. Ele não citou nomes. 

Quase um mês depois de desistir da reeleição, Chaves esteve presente no evento dos tucanos, devido a visita da candidata a vice-presidente de Geraldo Alckmin (PSDB), senadora Ana Amélia (PP). O senador subiu no palanque e pediu votos para Alckmin, para a senadora e também para Azambuja. Fonte Correio do Estado.