RECEITA FEDERAL ESPERA 410 MIL DECLARAÇÕES DO IR NO ESTADO

A Receita Federal disponibilizou ontem, em sua página na internet, o PGD (Programa Gerador da Declaração) para o contribuinte preencher o Imposto de Renda 2018 (ano-base 2017). Em Mato Grosso do Sul, o volume de declarações esperadas é de 410 mil, montante 5% superior ao mesmo período do ano passado.

O órgão estima que 28,8 milhões de declarações serão entregues -foram 28,5 milhões em 2017. O prazo para entrega vai de 1º de março às 23h59 de 30 de abril. O primeiro lote de restituição está previsto para 15 de junho.

Neste ano, a Receita trouxe algumas mudanças na declaração. A primeira delas é que, a partir deste ano, o contribuinte deverá incluir o CPF dos dependentes com 8 anos ou mais. No ano passado, a exigência valia para dependentes com 12 anos ou mais.

A Receita vem reforçando essa exigência ano após ano. Até 2014, o CPF era obrigatório para maiores de 18 anos. Em 2015, caiu para 16 anos. Em 2016, foi para 14 anos e, no ano passado, para 12.

Em 2019, a tendência é que todos os dependentes, independentemente da idade, sejam identificados por CPF. “A Receita quer fiscalizar e evitar deduções em duplicidade”, diz Valdir de Oliveira Amorim, coordenador técnico de editorial da Sage IOB. Fonte Correio do Estado.