REMANESCENTES DOS QUILOMBOLAS SERÃO ATENDIDOS NA CARAVANA DA SAÚDE

Cerca de 50 remanescentes dos quilombolas serão atendidos com consultas oftalmológicas amanhã (25), na Caravana da Saúde. Os pacientes são moradores das comunidades Tia Eva, São João Batista e Chácara Buriti, em Campo Grande.

De acordo com o Governo do Estado, ações parecidas foram feitas com ribeirinhos de Corumbá, indígenas em Dourados e idosos do asilo São João Bosco, em Campo Grande.

Os quilombolas serão buscados em suas comunidades por equipes da Caravana e da Subsecretaria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial e Cidadania, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

Na comunidade Tia Eva residem atualmente 115 famílias descendentes. Já na comunidade Chácara do Buriti, que fica na BR-163, a 27 quilômetros da área central de Campo Grande, há cerca de 40 famílias. A comunidade São João Batista fica no bairro Santa Branca e tem atualmente 15 famílias associadas.  Fonte Correio do Estado.