RISCO À POPULAÇÃO, JACARÉS PODEM SER RETIRADOS DA LAGOA MAIOR

Pelo menos cinco jacarés adultos poderão ser retirados da Lagoa Maior, principal cartão postal de Três Lagoas. A Prefeitura estuda a possibilidade e deverá encaminhar ofício ao Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) com o intuito de receber orientações técnicas de como poderiam retirar os animais, que, atualmente, medem quase dois metros e meio. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente acredita que existam pelo menos 12 jacarés na Lagoa, entre eles, cinco adultos.

Os jacarés ganham destaque na Lagoa e despertam, cada vez mais, a curiosidades de quem passa pelo local. Contudo, muitas pessoas se arriscam se aproximando dos animais para tirarem fotos e algumas, inclusive, tocam no animal, o que segundo a Secretaria de Meio Ambiente, representa grande risco à população.

A orientação da pasta é que a população não se aproxime, em hipótese alguma, dos jacarés, assim como os demais animais silvestres que vivem no local, pois eles podem reagir em defesa e acabarem por atacar o ser humano.

No mês passado um jacaré ganhou grande repercussão na internet após ser flagrado devorando um cachorro que foi atropelado, morto e deixado às margens da Lagoa. Vídeos também mostram jacarés desfilando pela avenida da Lagoa Maior.

A discussão sobre a possível retirada dos jacarés e até mesmo das capivaras do perímetro urbano é antiga e até mesmo a possível construção de uma cerca que separe visitantes da lagoa já foi discutida, porém, até o momento, nenhuma medida foi acertada. Fonte Correio do Estado.