SALÁRIO DOS VEREADORES DE CAMPO GRANDE PODE SUBIR PARA R$ 18,9 MIL

A crise econômica nacional pode afetar diretamente nos salários dos vereadores, secretários e prefeito que assumem mandato em 2017, em Campo Grande. O reajuste pode ser menor do que o esperado. Hoje pela manhã o presidente do Legislativo Municipal, vereador João Rocha (PSDB), se reúne com os demais parlamentares para tratar do assunto que será votado na próxima quinta-feira.

“O aumento é proporcional se for seguir o que determina a lei. É automático o reajuste. Mas vou conversar com os vereadores para tratar do assunto, já que vivemos um momento diferenciado”, disse o tucano. Caso cumpram a legislação, os vencimentos passariam de R$ 15.031,76 mensais, para R$ 18.956,25.

O teto é alterado a cada quatro anos. O limite estabelecido é de 75% do rendimento dos deputados estaduais. Hoje a remuneração dos parlamentares da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul é de R$ 25.275,00. Esse valor segue a mesma regra dos 75% do salário dos deputados federais, que ganham R$ 33 mil. Fonte Correio do Estado.