SAYLON MORAES, DEMONSTRA PREOCUPAÇÃO COM A VIDA.

O vereador eleito Saylon Moraes (PDT), postou fotos de um dos ônibus do transporte escolar de Água Clara pegando fogo, na região do Distrito de São Domingo. Neste post ele Fez o seguinte comentário. “Nunca postei nada em redes sociais contra a atual administração, mas hoje à tarde, o ônibus escolar, que faz o transporte dos alunos do Distrito São Domingos, pegou fogo em frente à fazenda São José, colocando em risco a vida de mais de 20 estudantes. É duro saber da situação caótica que se encontra o transporte escolar do nosso município, falta ônibus, falta manutenção, falta comprometimento com o transporte de nossas crianças. Trabalharemos incansavelmente para mudar essa triste realidade. Essa será a herança que iremos receber.”

Demonstrou em seu comentário o nível de pessoa que é, centrado, equilibrado e amável como sempre. Vereador eleito que é, falou do desmando da atual administração, fez ponderações factíveis, cobrou providências, mas acima de tudo, se preocupou inicialmente com a vida das 20 crianças que estavam naquele ônibus. Parabéns Saylon Moraes, pelo menos um dos vereadores eleitos, tem o mínimo necessário para ser um representante do povo, bom senso.

A bem da verdade o transporte escolar em nosso município sempre foi um problema crônico, pelo menos até onde acompanhei, aqui cheguei em 2003, e de lá pra cá sempre tivemos problemas no famigerado transporte escolar.

Quando a ex-prefeito Tupete assumiu o cargo em 2005, o transporte escolar era composto por 29 ônibus, e recebeu do então prefeito Ésio de Matos uma frota caindo aos pedaços, tanto é que na vistoria escolar do mês de Julho de 2005 apenas um dos veículos foi aprovado.

Por dois anos a situação foi à mesma, mas com a ajuda do governo federal, do Lula e da Dilma, o transporte melhorou e muito. Já no final da Administração do Tupete o situação era outra. Ele entregou para a atual administração uma frota nova.

No inicio de 2013, o município de Água Clara recebeu do Governo Federal mais ônibus novos, portanto este fato que ocorreu no Distrito de São Domingos, com um ónibus com apenas três anos de uso, se não foi por uma falha mecânica, é triste, porque fica caracterizado negligencia dos atuais gestores. Pois colocou em risco a vida de seres humanos, o que seria lamentável.