SCIOLI E MACRI DISPUTARÃO SEGUNDO TURNO PARA PRESIDENTE DA ARGENTINA

Eleições na Argentina

O candidato governista de centro-direita à Casa Rosada, Daniel Scioli, vai disputar o segundo turno das eleições na Argentina com Mauricio Macri, apontam dados oficiais das votações realizadas neste domingo (25), segundo a Direção Nacional Eleitoral da Argentina. A segunda etapa das votações vai acontecer em 22 de novembro.

Em disputa acirrada, o candidato governista lidera com ligeira vantagem, com 95,37% das urnas apuradas. Scioli, apoiado pela presidente Cristina Kirchner, e tido como favorito pelas pesquisas, tem 36,66% dos votos.

O prefeito de Buenos Aires e candidato pelo Pro, Mauricio Macri, têm 34,52% dos votos. O advogado e deputado Sergio Massa, da Frente Renovador, está em terceiro lugar na contagem de votos.

A atual presidente Cristina Kirchner deve entregar a presidência a seu sucessor em 10 de dezembro próximo, com uma aprovação de cerca de 50% a seu governo, de acordo com pesquisas recentes.

A lei eleitoral na Argentina estabelece que, para conquistar a presidência, é necessário obter mais de 45% dos votos ou 40% com uma vantagem de 10 pontos sobre o segundo colocado. As últimas pesquisas não permitiam prever com segurança qual seria o resultado. Fonte: G1.