SERVIDORES DA SAÚDE DE CASSILÂNDIA MANTEM GREVE

Desde as 11h50 da última sexta-feira os servidores da saúde de Cassilândia estão paralisados. Como o expediente praticamente já estava encerrado os efeitos da paralisação serão sentidos pela população a partir desta segunda-feira (26/01)

Segundo Márcia Reis presidente do SISEC, a determinação de manter 30% da categoria em atividade será mantida, “tivemos orientação da Feserp nesse sentido e vamos manter esse percentual legal em atividade”, explicou.

Entenda

A paralisação dos servidores acontece em virtude do decreto de contenção de gastos publicado pelo executivo municipal no último dia 15/01. No decreto fica suspenso temporariamente o pagamento de vários incentivos recebidos pelos servidores. Fonte cassilândianews.com.br