SUSPEITO DE PORNOGRAFIA JUVENIL É PRESO COM VÍDEO DE SEXO COM DUAS ADOLESCENTES

Um estudante de 19 anos de idade foi preso por policiais da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga como suspeito da prática do crime de “armazenar vídeo pornográfico” envolvendo duas adolescentes, de 14 e 16 anos. Ele também poderá ser indiciado por abuso sexual.

As investigações começaram quando a mãe da adolescente de 14 anos foi à delegacia registrar o desaparecimento da filha. Segundo a mãe, que mora no Parque do Lageado, a filha estaria manipulando o celular na escola e o aparelho foi apreendido. Ao ser repreendida pela mãe a garota teria fugido de casa.

De posse do celular da garota, os policiais perceberam que estavam gravadas cenas de relação sexual e conseguiram identificar o autor. Nas investigações, chegaram até o estudante de 19 anos que estava em um treino de futebol no Jardim Centenário. No mesmo local estava a jovem de 16 anos que se identificou como namorada dele.

O celular dela também foi analisado pelos invetigadores e nele também foram encontradas cenas de relação sexual tendo como protagonista ela e o estudante.

De acordo com as investigações, o autor gravava ou estimulava as garotas a gravarem as relações sexuais que mantinham com ele ou atos libidinosos. Os arquivos foram encontrados em sua posse.

A adolescente de 14 anos foi encontrada posteriormente, na casa do irmão do estudante de 19 anos, no Jardim Bálsamo.

O acusado já foi encaminhado para a audiência de custódia, quando poderá ser decretada a prisão preventiva e o caso passará a ser investigado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção Criança e Adolescente). Fonte Midiamax.